A velha oposição sem causa contra Caiado.

Vimos nos últimos dias uma avalanche de opositores políticos sem causa tentando fazer uma tempestade em um copo d’água tentando arrumar alguma forma de se aparecer na midia e não cair no ostracismo.

Políticos derrotados que a todo custo tentam estar onde sua incompetência não lhes permite.

Contra fatos não há argumentos. E o fato é que muitos destes abutres querem ver todos os problemas de um estado tão grande como Goiás totalmente resolvidos em apenas duas semanas.

Não obstante, gostaria eu de saber se alguém conseguira concertar o que Marcone e sua turma fizeram ao patrimônio público ao longo dos anos destruindo e loteando o estado para alguns poucos que enriqueceram sabe-se lá como.

Na mentirosa publicidade de um Goiás que existia apenas nos comerciais do Governo, os recalcados de plantão ladram aos quatro cantos de Goiás em uma sinfonia disforme tentando se salvar da areia movediça da rejeição e falta de credibilidade popular.

Isso foi claro nas urnas, mas eles como cupins de jardim que quando picam alguém e o mesmo tenta retirar-lhe, o corpo sai mas a cabeça fica em uma tentativa desesperada de se manterem no poder.

Ronaldo Caiado até agora tem mostrado para que veio tomando medidas enérgicas, mesmo a imprensa comprada e manipulada não mostrar de forma imparcial suas ações.

Na verdade estes rebeldes sem causa ditos opositores, que acabam enojando os que sabem da verdade, deveriam cobrar das pessoas certas a crise que atravessamos. Deveriam cobra por ultimo de Zé Eliton, Marconi Perillo, PSDB e seus aliados que provocaram toda situação em que se encontra o goiano.

Caiado que tem se mostrado próximo a população tanto pessoalmente quanto através dos veículos de comunicação e redes sociais, tem mostrado simplicidade, honestidade e compromisso com o povo.

Neste artigo preciso ser sincero pois de outra feita não estaria aqui reconhecendo o que tem feito o governador, se não tivesse cumprindo com sua palavra. Estaria sem sombra de dúvidas quarando a lenha, pois dele nada recebo e nem tenho tanta proximidade assim, a não ser o fato de estar sobre sua governança e com a esperança de que ele consiga resolver tudo o que tem para resolver.

Claydson Silva.

Radialista, Jornalista, publicitário,
Professor em comunicação e palestrante.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *