Promotor participa de inspeção ao presídio de Trindade após fuga de 19 presos

O promotor de Justiça Eudes Leonardo Bomtempo, em substituição na 1º Promotoria de Justiça de Trindade, inspecionou nesta terça-feira (17/7) a unidade prisional do município, de onde fugiram 19 detentos no último domingo (12/7), após explosão de um muro. Na vistoria, foi verificado que o presídio não possui scanner corporal, necessário para revistar os visitantes.

O integrante do Ministério Público, a juíza substituta Luciana Oliveira de Almeida Maia da Silveira, o diretor do foro de Trindade, juiz Éder Jorge, e a defensora pública Débora Vidal de Almeida Rocha analisaram os pontos do presídio em que ocorreram as explosões e o local de entrada dos visitantes. O grupo verificou que as duas salas de revista possuíam scanner de objetos e portal de detector de metais, mas não tinham scanner corporal.

Até ontem, 4 dos 19 fugitivos já haviam sido recapturados. Três deles foram entrevistados pela juíza Luciana, tendo eles alegado desconhecimento de qualquer plano de fuga e afirmado terem fugido em razão da oportunidade. O quarto fugitivo foi preso na comarca de Cristalina e, até ontem, não havia sido transferido para a unidade prisional de Trindade. (Texto: Melissa Calaça – Estagiária da Assessoria de Comunicação Social do MP-GO/ Supervisão: Ana Cristina Arruda – Fotos: TJ-GO)

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *