Balança comercial goiana apresenta superávit de US$ 134,25 milhões

Em comparação com o janeiro de 2018, houve uma redução do saldo positivo, mostrando a tendência de queda nos negócios no Estado.

O saldo comercial de Goiás de janeiro de 2019 apresentou um superávit de US$ 134,25 milhões, mas confirmou a tendência de queda nos negócios constatada em 2018, com diminuição nos volumes de importações e exportações. O montante atingido no último mês é 17,4% menor do que o índice de janeiro de 2018, que foi de US$ 162,53 milhões.

“Mesmo com a má gestão no Estado nos últimos anos, ainda há superávit na balança, mas é muito aquém do potencial da economia goiana. Os números de janeiro ainda são reflexo das más gestões anteriores, mas estamos trabalhando para que haja uma retomada”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano da Rocha Lima.

Para Adriano, as ações desenvolvidas na secretaria já nos primeiros dias de 2019 vão recolocar a economia goiana nos trilhos do crescimento.

“Já conseguimos um investimento de US$ 8 bilhões para a instalação de uma usina fotovoltaica e estamos prospectando novos investimentos nacionais e internacionais, além de criar um novo foco voltado para empresas com alto grau de inovação, que irão diversificar nossa economia. Em poucos meses, já veremos esse impacto positivo”, explica.

As exportações em janeiro de 2019 atingiram US$ 400,81 milhões, um decréscimo de 10,51% em relação a janeiro do ano passado. Na comparação com dezembro de 2018, o resultado mostra uma retração ainda maior, de 24,54% no volume de exportações.

Em janeiro deste ano, foram exportados 281 diferentes produtos para 106 países, com destaque para o complexo soja, que alcançou US$ 95,14 milhões e 23,74% do total exportado por Goiás no referido mês. Em relação a janeiro de 2018, porém, houve decréscimo de 19,11%.

Em segundo lugar, está a exportação de carnes, que totalizou US$ 87,53 milhões, mas também representando queda de 12,86% em relação ao mesmo período do ano passado. O ouro ocupou o terceiro lugar no ranking de produtos exportados neste mês, totalizando US$ 55,065 milhões, representando 13,74% de todo o valor exportado no período.

Os principais destinos dos produtos exportados por Goiás são a China, com US$ 126,41 milhões, representando 31,54% do total. Em segundo lugar, aparece a Itália, com US$ 39.42 milhões, totalizando 9,84%. Em terceiro, estão os Países Baixos, que compraram US$ 34,21 milhões, o que 8,54% das exportações.

Importação

Em janeiro, as importações tiveram queda de 6,58% em relação a janeiro de 2018, apresentando cifras de US$ 266,55 milhões. Em relação a dezembro de 2018, o decréscimo é ainda maior, totalizando 12,76%.

 No primeiro mês de 2019, foram importados 1339 produtos diferentes de 64 países. Em primeiro lugar aparecem os produtos farmacêuticos que somaram US$ 65,25 milhões, totalizando uma participação de 24,48% do valor total das importações do Estado, mas apresentando queda de 23,01% em relação a janeiro de 2018.

Em segundo lugar, estão os Adubos (fertilizantes) representando 18,76% de todo valor importado pelo Estado em janeiro, totalizando US$ 50,01 milhões. Em terceiro lugar, apareceram Veículos automóveis terrestres, suas partes e acessórios com participação de 12,56%.

Do total de importações, os Estados Unidos ocupam o primeiro lugar no ranking de países dos quais o Estado importou em janeiro de 2019, totalizando US$ 43.351.047 milhões ou 16,26% do total das importações. O segundo lugar ficou com a China, com 15,83% do total, seguida pelo Japão (9,22%).

Comunicação SED

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *