Escola de Governo abre 2 mil vagas para cursos de qualificação

São 38 modalidades, com mais de 75 turmas disponíveis

A Escola de Governo Henrique Santillo, da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento, abriu nesta terça-feira, dia 5, a programação dos Cursos de Desenvolvimento Profissional, com a oferta de 2 mil vagas em 38 modalidades, com mais de 75 turmas disponíveis. O objetivo dos cursos é o aproveitamento efetivo do conhecimento, capacitação dos servidores e atendimento de excelência à população de Goiás.

Os cursos disponibilizados no site da Escola de Governo estão agrupados em áreas estratégicas de atuação como gestão básica, gestão de pessoas, tecnologia da informação, empreendedorismo, entre outros. “Os cursos estão alinhados com os objetivos estratégicos do governo e busca qualificar os servidores para melhor atender os cidadãos e contribuir para que todos os órgãos do Estado alcancem os resultados esperados”, informou a superintendente Roberta Rodrigues Costa.

Mudança 
O lançamento dos cursos contou com a presença do coach Tiago Geordano e da palestra ‘A mudança pode acontecer num instante’, onde buscou despertar nos servidores a importância do desenvolvimento e da qualificação profissional, da promoção das mudanças necessárias e inovação nas práticas da administração pública. O palestrante acredita que tudo o que as pessoas julgam impossível pode ser conquistado.

De acordo com ele, os maiores problemas de nossas vidas estão ligados à crenças e a uma visão de mundo limitante: “quando nos libertamos de nossas antigas crenças, entendendo-as limitantes do próprio desenvolvimento pessoal e profissional, descobrimos que podemos construir um vida extraordinária. Precisamos saber aonde queremos chegar”, enfatizou.

Reestruturação da Escola de Governo
Para o secretário de Gestão e Planejamento, Pedro Sales, a qualificação técnica e o envolvimento dos servidores com as atividades que exercem é imprescindível para o sucesso de qualquer estrutura organizacional e, segundo ele, na administração pública, isso não seria diferente. “A Escola de Governo começa um trabalho de reestruturação e recuperação da escola. A procura pelos cursos são surpreendentes. Havia uma demanda reprimida que não estava sendo olhada com a devida atenção”.

O secretário informou que o governo realizará algumas alterações nas propostas apresentadas ao Legislativo para tentar manter um suporte financeiro da escola e incrementá-lo, se possível. “É o compromisso do nosso governo com a capacitação do servidor e consequente melhoria no atendimento à população, nosso objetivo maior.”

Seleção de professores
Na próxima semana será publicado o edital para o processo de seleção de instrutores para as ações de capacitação da Escola de Governo. Serão selecionados instrutores para as diversas áreas de conhecimento disponíveis na grade de cursos da Escola e os candidatos também terão a oportunidade de propor treinamentos em novas áreas estratégicas.

O processo será realizado em duas etapas, as inscrições serão realizadas na Escola de Governo e todas as informações serão divulgadas pelo site www.escoladegoverno.go.gov.br

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *