Lúcia Vania rompe com a base governista e se candidatar ao Senado na chapa de Caiado.

Lúcia Vânia engrossou totalmente o caldo com a base governista: além de dizer que não está disputando a 2º vaga ao Senado na chapa de Zé Eliton, deixando subentendido que só aceita o lugar se for aclamada, bateu o pé para acrescentar que também não se candidatará em chapa que contar com o ex-senador e sequer admite a presença de Demóstenes Torres por perto, onde ela estiver.

 

Isso inviabiliza qualquer composição com o PTB e Demóstenes Torres. Exemplo: no caso de uma hipotética saída de Marconi Perillo para se apresentar à Câmara Federal, abrindo espaço para que o ex-senador e Lúcia ocupem as duas vagas ao Senado. Ela recusa essa alternativa.

 

A radicalização da senadora tem os seus significados. Para o jornalista Helvécio Cardoso, em análise no Diário da Manhã, o comportamento de Lúcia Vânia indica que ela vai debandar da base governista e muito provavelmente se perfilará como candidata ao Senado na chapa de Ronaldo Caiado – que está com o tapete vermelho estendido para ela.

Fonte: JBL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *